Perfil do Secretário - Chefe da Casa Militar

Quando da criação do Estado do Tocantins, o Coronel Raimundo Bonfim Azevêdo Coêlho optou em permanecer na recém criada Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO), aceitando o desafio de participar da consolidação do mais novo Estado Brasileiro. Foi lotado em 1989, no 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM), sediado em Gurupi, onde desempenhou as principais funções daquela Unidade, sendo Comandante e Subcomandante, contribuindo de maneira exemplar para o alcance dos objetivos elencados pelo Governo do Estado.  

Em 2000, ocupou o cargo de Diretor Presidente do Fundo de Assistência Social da Polícia Militar do Tocantins (FAM). Exerceu as funções de Assistente Policial Militar junto à Secretaria de Segurança Pública do Estado do Tocantins, Chefia da 1ª Seção do Estado-Maior da Polícia Militar do Tocantins e Chefia do Estado-Maior, em 2001, sendo em seguida nomeado Comandante-Geral da Polícia Militar do Tocantins no ano de 2002, permanecendo nesta função até o ano de 2007, onde passou a ocupar o cargo de Secretário-Chefe da Casa Militar.

Nascido em 30 de março de 1960, na cidade de Formoso do Araguaia, Estado do Tocantins, é filho de Hermínio Azevêdo Soares e Rosa Coêlho Azevêdo. É casado com D. Vânia Maria Costa Parrião Azevedo e tem duas filhas.

Incorporou às fileiras da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) em 15 de fevereiro de 1982, no primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais da PMGO na Academia de Polícia Militar, sediada em Goiânia, Goiás. Foi declarado aspirante a oficial em 28 de novembro de 1984, sendo classificado no Batalhão Anhanguera na cidade de Goiânia onde desempenhou, durante anos, as funções de oficial subalterno. Promovido ao posto de 2º tenente do quadro Operacional da Polícia Militar (QOPM), no dia 21 de agosto de 1985, passando por todas as promoções até o posto de Coronel QOPM em 4 de abril de 2002 pelo critério de escolha.

Fez o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais na Academia de Polícia Militar de Goiás no ano de 1990 e o Curso Superior de Polícia Militar no Estado do Pará no ano de 1995.Acadêmico de direito pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Gurupi, fez também os seguintes cursos, seminários e estágios: Curso de Gerenciamento de Crises na Academia de Polícia Militar do Estado do Pará em 1995; Curso de Gerenciamento de Crises em Conflitos Agrários e Fundiários na Academia Nacional de Polícia em Brasília, promovido pelo Departamento de Polícia Federal/MJ em 2002; Seminário Internacional Franco Brasileiro, A luta contra entorpecentes na área geográfica Amazônica e Caribe, realizado no Instituto de Segurança do Estado do Pará, IESP em 2001. Medalhas e Diplomas: Diploma da Medalha do Mérito Militar, 2006, concedido pelo Corpo de Bombeiros do Estado do Maranhão; Medalha do Mérito Policial Militar, 2005, concedida pelo Governo do Estado da Bahia; Medalha do Guardião, 2006, concedida pelo Governo do Estado do Goiás; Medalha do Mérito Policial Militar, 2006, concedida pelo Governo do Estado do Piauí; Medalha do Mérito Policial Militar, 2009, concedida pela Casa Militar do Estado do Pará; Medalha do Mérito Policial Militar, concedida pelo Governo do Estado do Tocantins; Medalha do Mérito Policial Militar, concedida pelo Governo do Distrito Federal e Medalha do Pacificador, concedida pelo Comando do Exército Brasileiro.